Para Todos os Garotos que Já Amei – Resenha

db2d86d3-abe7-43ca-8474-b0ecff725062.jpg

Título: Para Todos os Garotos que já Amei
Autora: Jenny Han
Editora: intrínseca
Páginas: 350 p.
Ano de publicação: 2015

cropped-barra.png

Sinopse:  Lara Jean Guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que já amou – cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.
Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

cropped-barra.png

E se tudo que você já escreveu pensando em alguém fosse parar nas mãos da pessoa em questão? Quem, assim como eu, tem o costume de escrever, sabe o quão profundas podem ser as palavras que colocamos no papel. É exatamente isso que acontece em Para Todos os Garotos que já Amei.

Lara Jean escreve cartas quando deseja pôr um ponto final nos crushs que nunca se concretizam. É dessa maneira que ela coloca o sentimento pra fora e tenta acabar com ele. Ela já escreveu 5 – uma para cada garoto que já amou – e endereçou todas, embora, obviamente ela nunca tenha a intenção de mandar. Acontece que, de alguma maneira, cada uma das cartas é enviada ao seu destinatário, inclusive ao seu crush atual, Josh, que coincidentemente é o (ex-)namorado da irmã dela.

Tentando fazer com que o Josh pense que a sua paixão por ele acabou há muito tempo, Lara faz um acordo com um dos outros destinatários, o Peter, que era amigo dela no ensino fundamental e atualmente é um dos meninos mais “crushados” da escola: eles vão fingir estar namorando, assim a Lara consegue manter sua amizade com Josh e não magoar a sua irmã, Margot, e o Peter pode fazer ciúmes na ex-namorada que acabou de terminar com ele.

Essa ideia tem tudo pra dar errado, né? Pois é, foi exatamente o que eu pensei. Mas o que vemos acontecer aos poucos é o “namoro de mentira” se tornar uma amizade de verdade, e chegou num ponto que eu comecei a “shipar” muito eles dois. Mas o livro acaba numa parte que dá agonia, sem NENHUMA resposta ou indício do que vai acontecer. Preciso muito ler o segundo.

Eu assisti o filme do Netflix antes de ler (na verdade eu fui ler porque gostei do filme) e, comparando um com o outro, prefiro o filme na maior parte do tempo, principalmente a irmã mais nova da Lara, Kitty. Achei a personagem muito melhor construída na adaptação. A única parte em que o livro vence é no final. Quando eu estava assistindo, pensei: “Hummm, isso aí tá muito corrido, no livro deve levar bem mais tempo pra tudo se resolver”, e realmente, o final tem um desenvolvimento bem mais longo.

Eu acho que a relação da Lara e do Peter poderia ter sido melhor aprofundada (como foi no filme), eles poderiam ter criado mais cumplicidade. No entanto, isso é apenas algo que eu gostaria que tivesse acontecido, não prejudica a estória. Vou torcer pra que nos próximos isso aconteça.

É clichê? Bem, como todas as estórias de romance, ela tem vários detalhezinhos clichês (pra falar a verdade, eu nunca li um livro de romance que conseguisse fugir completamente disso, se alguém souber, por favor, me indica), mas isso não me incomodou, pois a trama principal é BEM original. Amei muito essa ideia das cartas, consegui sentir o pânico da Lara ao saber que os ex-crushs todos sabiam exatamente o que ela sentia e pensava de cada um. Quem escreve vai facilmente se identificar.

Indico demais, é uma leitura muito leve e prazerosa, um daqueles romances “fofinhos”, que faz o coração acelerar e não dá vontade de parar de ler até terminar!

nota 5

leticia

Um comentário em “Para Todos os Garotos que Já Amei – Resenha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s